Avenida Otávio Santos, n° 309 - Recreio (77) 2101-2353 | (77) 98825-1082

A importância do médico Patologista no diagnóstico do câncer

maio 21, 2021

O patologista tem entre suas atribuições o diagnóstico do câncer, definindo se o tumor é benigno ou maligno, e qual seu estágio. É ele também o responsável por decidir se um órgão é adequado ou não para transplante. O médico patologista conta com um arsenal composto por seu conhecimento e os exames anatomopatológicos, citológicos, imunoistoquímicos e moleculares (testes genéticos). Essas técnicas permitem que ele analise a fundo a estrutura e o DNA das células e tecidos do nosso corpo, garantindo um diagnóstico preciso.

Embora o médico patologista não atenda diretamente os pacientes em consultórios ou no ambiente hospitalar, ele é peça fundamental da equipe multidisciplinar, responsável pelo diagnóstico e conduta a ser tomada em cada situação. Ele está presente na emissão de laudos em exames de citopatologia, como o Papanicolau, nas punções de tireóide, mama, linfonodos e outras lesões. É também o responsável pela análise de biópsias e materiais obtidos em cirurgias. Outro papel do patologista é a autópsia, exame realizado para investigação da causa da morte. 

Em relação ao câncer, o médico patologista é o profissional que irá definir o diagnóstico dessa doença, incluindo o tipo de câncer e outras características utilizadas para definir o prognóstico e a conduta em cada caso. Dessa forma, é um grande aliado do oncologista na definição do melhor tratamento para cada paciente.

Sabemos que nem todos os tipos de câncer comportam-se da mesma maneira, sendo também papel do médico patologista identificar padrões microscópicos associados à maior ou menor agressividade dos tumores. Dessa forma, pela análise realizada por este profissional pode-se prever melhor o comportamento de um câncer e, inclusive, optar por diferentes formas de tratamento.

FONTE: Saúde Plena

Compartilhar:

Este site preconiza que qualquer problema de saúde de um paciente deve ser resolvido por profissionais da área de saúde, durante consulta médica fora do âmbito virtual. Desta forma, todas as informações disponíveis neste site foram concebidas para apoiar, e não para substituir a consulta médica. Pelo mesmo motivo, este site não oferece serviços ou aconselhamento médico-profissional.
A informação médica via Internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o paciente e o médico. Por uma questão de ética e de responsabilidade profissional não podem ser dadas consultas nem prescritos tratamentos médicos sem o exame pessoal do paciente. Procure sempre a orientação de um médico em quem você possa confiar e siga a sua orientação.