Rua Cândido Sales, n° 140, Recreio | Avenida Otávio Santos, n° 309, Recreio (77) 98825-1082

Biópsia Animal – saiba como é feita

janeiro 27, 2021

Com a biópsia é possível determinar o que aflige os animais e proceder a um tratamento subsequente ou intervenção cirúrgica. Esse exame consiste na avaliação de pedaços de órgão (fígado, baço, mama, intestino, rins etc) ou tecidos (pele e nódulos) através de técnicas de coloração em um microscópio. Assim, o Veterinário Patologista vai identificar se aquelas células são normais ou não e com isso poder dizer se o animal tem alguma doença ou alteração nas suas células.

Em que situações é recomendada uma biópsia em caninos? Como é feita? É necessário utilizar anestesia geral?

Antes da biópsia

Quando um cão está doente, a primeira coisa que o médico fará é criar um histórico médico completo para analisar a progressão da doença.

Assim, o histórico irá incluir a idade do animal de estimação, informações sobre o início do problema, os tratamentos que foram praticados e sua eficácia.

O veterinário também irá realizar um exame físico, que incluirá a verificação da temperatura do cão, palpação do abdômen e auscultação do coração e pulmões.

Dependendo do tipo de sintomas, alguns testes podem ser necessários para determinar a causa do problema.

Dessa forma, exames de sangue, raios-x, ultrassonografias, tomogramas, entre outros, podem ser realizados.

Tipos de biópsias em caninos

Existem diferentes tipos de biópsias em cães, dependendo dos critérios que usamos para classificá-las. Os mais conhecidos são:

Como realizar uma biópsia canina

A técnica que será usada para extrair a amostra de tecido ou tumor dependerá de vários fatores, como o tipo de órgão envolvido e sua localização.

Existem basicamente quatro tipos de biópsias caninas, se considerarmos os critérios de classificação da técnica utilizada:

Em todos os casos, a biopsia é muito útil, uma vez que permitirá determinar com precisão a doença do cão. Dessa forma, o veterinário poderá estudar as melhores opções para o seu tratamento.

Compartilhar:

Este site preconiza que qualquer problema de saúde de um paciente deve ser resolvido por profissionais da área de saúde, durante consulta médica fora do âmbito virtual. Desta forma, todas as informações disponíveis neste site foram concebidas para apoiar, e não para substituir a consulta médica. Pelo mesmo motivo, este site não oferece serviços ou aconselhamento médico-profissional.
A informação médica via Internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o paciente e o médico. Por uma questão de ética e de responsabilidade profissional não podem ser dadas consultas nem prescritos tratamentos médicos sem o exame pessoal do paciente. Procure sempre a orientação de um médico em quem você possa confiar e siga a sua orientação.