Rua Cândido Sales, n° 140, Recreio | Avenida Otávio Santos, n° 309, Recreio (77) 98825-1082

Dúvidas mais frequentes pacientes

Dúvidas gerais mais comuns

O mais breve possível.

Não realizamos marcação. Dirija-se a uma de nossas unidades com documentos necessários e o material.

Não. Somente no ato do atendimento. O valor cobrado só poderá ser confirmado com avaliação do material no laboratório.

Trabalhamos com rigor para que seu resultado seja liberado antes do prometido. Porém, alguns casos necessitam de técnicas adicionais e poderão ter seu prazo modificado. Caso haja necessidade de um novo prazo, entraremos em contato nos telefones fornecidos.

Médico patologista. Você não o conhece, mas ele também se preocupa com você. Se necessário, nossos patologistas entrarão em contato com seu o médico para discussão do caso.

Não. Há materiais que necessitam de uma análise mais complexa com uso de técnicas adicionais que elevam a precisão do diagnóstico.

Não, se acondicionada no recipiente com líquido fixador correto. O ideal é se dirigir ao laboratório o mais breve possível.

Não. Seu exame segue os mesmos padrões de qualidade, ética e prazo de qualquer outro paciente particular ou convênio. Você pode ir ao laboratório sem necessidade de marcação durante o nosso horário de funcionamento. Toda e qualquer vida é prioridade para o Laboratório Micro.

Não. Pode deixar em temperatura ambiente, e não deixar exposto ao sol.  Os líquidos das cavidades (pleural, peritoneal, etc) ou conteúdos císticos que não estão fixados em álcool, devem ser guardados em geladeira. Jamais congele o material.

Não há validade específica. O material deve ser levado o mais breve ao Laboratório Micro.

Tenha cuidado com o seu material. O material deve estar vedado para que o formol (fixador de tecidos) ou álcool (fixador de líquidos) não vaze e atrapalhe na fixação do seu material. O formol ou álcool é um bom desinfetante atuando tanto sobre bactérias como também sobre vírus e fungos.

1. Exame macroscópico: Tecido fixado em formol é examinado a olho nu. 2. Processamento: Tecido é submetido a processamento com substâncias químicas. 3. Inclusão: Tecido é incluído em bloco de parafina. 4. Corte: Bloco de parafina é cortado em fatias muito finas colocadas em lâminas de vidro. 4. Coloração: Lâminas são coradas para visualização no microscópio.

O Laboratório de Patologia se responsabiliza pelo arquivamento de lâminas e blocos parafinizados, por um período de 5 anos. As lâminas e/ou blocos só poderão ser retirados do laboratório de patologia pelo paciente, seu responsável legal ou o médico assistente (Resolução nº 1472 do CFM/MS).

Sim. Apenas, alguns materiais específicos são enviados para os melhores laboratórios terceirizados do país com a sua autorização por termo de consentimento.

 

As biópsias são totalmente utilizadas para o exame anatomopatológico, entretanto algumas peças cirúrgicas grandes não são necessárias em sua totalidade para o processamento. Neste caso, o restante do material pode ser resgatado pelo paciente em até 3 meses. O Laboratório de Patologia se responsabiliza pelo arquivamento de peças não amostradas por 3 meses.

Ambos têm a mesma importância. Nenhum é superior ou substitui o outro. Essa documentação deve ser respeitada para a garantia da qualidade e segurança do diagnóstico.

Este site preconiza que qualquer problema de saúde de um paciente deve ser resolvido por profissionais da área de saúde, durante consulta médica fora do âmbito virtual. Desta forma, todas as informações disponíveis neste site foram concebidas para apoiar, e não para substituir a consulta médica. Pelo mesmo motivo, este site não oferece serviços ou aconselhamento médico-profissional.
A informação médica via Internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o paciente e o médico. Por uma questão de ética e de responsabilidade profissional não podem ser dadas consultas nem prescritos tratamentos médicos sem o exame pessoal do paciente. Procure sempre a orientação de um médico em quem você possa confiar e siga a sua orientação.